terça-feira, 10 de março de 2009


________________
____________________
ft : desconhecida

16 comentários:

mateo disse...

...só se regressa ao amor pelas águas deslumbrantes da nascente que te ensinou o caminho do meu corpo.

Um deslumbramento... a nascente... de facto!

Bj.

ausenda disse...

Renasce-se! Quanta subtileza e ternura!

Só se regressa ao amor...
pelo ondular dos corais
que não desistem da sua cor
mesmo que naufragados!!

Beijo, Maré

Maria disse...

Belíssimo!
Sem mais palavras...

Beijo

susaninha disse...

Não, não usarei palavras brandas para comentar o teu post, porque esta realmente bom,
"se souberes lá chegar saberás que a razao das coisas vai para alem da ilusão"

Que um anjo te ilumine

Beijinhos

Luis Eme disse...

se...

e esta? um se a embelezar um poema?

bjs Maré

isabel mendes ferreira disse...

mas a título de agora e nascente vim eu...:)



a.deslumbradamente.



beijo.

Graça Pires disse...

Uma nascente deslumbrante, a tua poesia. Para nomear a noite te basta a memória das emoções e das palavras intactas com que se chega ao silêncio.
Um grande beijo.

lupussignatus disse...

primaveril


(perfumado

de urze

e esteva)

Vieira Calado disse...

Gostei deste naco de poesia!
As recordações por vezes são boa fonte de inspiração.

Beijinhos

Camisinha.com disse...

encantada:)

Arabica disse...

Quando as palavras são a cercadura da esperança em memória.


Lindissimo!

meus instantes e momentos disse...

muito bom o post, bonito, bem escrito.
Muito bom tudo aqui.
Tenha um belo final de semana.
Maurizio

mateo disse...

... e porque não voltar para re_beber desta nascente?
E re_vim!
Um beijo.

isabel mendes ferreira disse...

(eu é que ainda me espanto_______de continuar a merecer "visitA"______neste tempo de ausência.)




obrigada. muito. beijooooooooo!!!!

isabel mendes ferreira disse...

beijo Maré.





____________

gabriela rocha martins disse...

belíssimo poema
( onde as tuas palavras se devem ter únicas )


.
um beijo