sábado, 20 de dezembro de 2008

________________________

_________________________

Foto: Michael Schlegel _ manipulada

10 comentários:

Graça Pires disse...

Vou agarrar com as duas mãos
um punhado de estrelas
Já o fizeste há muito tempo, Maré.
É a tua forma lindíssima de escrever que o diz...
Neste Natal guarda uma dessas estrelas no coração para que te renasçam no olhar todos os sonhos que tiveste e que continuarás a ter. Um beijo grande e um Natal de Amor e de Luz.

Luis Eme disse...

agarra todas as estrelas qe puderes, Maré!

bjs e boas festas

Lugar do Olhar disse...

Desejos
que moram
perto
na esquina
tão breve
da tua
estrela guia...!

Beijos e Feliz Natal!

AnaMar (pseudónimo) disse...

Segura todas as estrelas, porque mesmo as que brilham, podem já não existir...
Um beijo

Vieira Calado disse...

Também lhe desejo um

FELIZ NATAL.

Bem haja

lupussignatus disse...

estrelas

que

crepitam

como brasas



Feliz Natal!

mariah disse...

natal das chamas da poesia e do afecto,


Beijos, mariah

mateo disse...

Sabes que não consigo comentar este poema? Não porque seja complexo. De modo algum! Só porque me fico a ler e a ler-te.
Beijos.

AnaMar (pseudónimo) disse...

Passei para te deixar mais um beijo.

Luis Eme disse...

o meu e-mail é:

luismilhas arroba gmail ponto com

bjs Maré