sexta-feira, 10 de outubro de 2008


Foto: zeca

9 comentários:

Graça Pires disse...

A noite é anterior a todas as perguntas. A noite é o espaço sagrado onde se fazem poemas assim, a fazerem um rombo no peito.
Beijos Maré.

D. disse...

Sou clanDestino aqui...no sabor dessa noite.

D.

O Profeta disse...

Atravesso o céu em sonhos
Três aves do mar, três raios de sol, três punhais
Seguem-me apontados à solidão
Ah este vento que sopra nos brandais



Um feliz domingo para ti

Luis Eme disse...

se calhar...

bjs Maré

mariah disse...

belíssimo.


beijo,
bom fim de semana.


mariah

Vieira Calado disse...

Sim senhor!
Gostei do seu poema,
Cumprimentos

gabriela rocha martins disse...

fico.me

presa à palavra

ABSOLUTA

em noite de poemas vádios


.
um beijo

gabriela rocha martins disse...

vadios

[ desculpa.me! ]


.
um beijo

lupussignatus disse...

brilhante

mesmo

sem

escamas :)


navega-nos

navega-nós


e enlaça-nos

e desenlaça-nós